Férias escolares: Saiba os cuidados ao soltar pipas

Publicado em 10 de Janeiro de 2018 às 14:36

Empinar pipas ainda é uma brincadeira comum nas férias escolares em boa parte das cidades brasileiras. Mas, é preciso tomar cuidado para evitar acidentes. São fios elétricos, linhas com cerol e diversos outros problemas que podem ser causados à população.

Cuidados a serem tomados

A CPFL Paulista ressalta que os desligamentos causados pelos objetos poderiam ser evitados se alguns cuidados fossem adotados. É importante escolher um local longe da fiação elétrica, como campos abertos e parques, preferencialmente áreas planas, fugindo do entorno de rodovias ou das avenidas de intenso movimento, evitando inclusive os atropelamentos.

Outra preocupação é em relação ao papel utilizado, pois o papel alumínio, ou mesmo papel laminado, são condutores elétricos. Enroscadas nos cabos da rede elétrica, muitas pipas continuam a causando interrupções meses depois de terem sido perdidas. Isso ocorre porque a linha, enrolada nos cabos elétricos, se torna boa condutora de energia quando chove.

O uso do cerol (mistura de cola, limalha e vidro moído) ou da chamada “linha chilena” deve ser evitado. No Estado de São Paulo, utilizar cerol é considerado crime, e sua formulação pode conter limalha de ferro, que provoca curtos-circuitos e choques elétricos. O ideal é soltar pipas longe da rede elétrica. Se acontecer de o brinquedo ficar preso na rede, a melhor coisa a fazer é dá-lo como perdido. A tentativa de recuperação pode provocar acidentes de grandes proporções, inclusive com vítimas, além de interrupções no fornecimento de energia.

Saúde em primeiro lugar

O corpo de bombeiros afirma que cuidados são de extrema importância nessa época do ano. A orientação é para que as pessoas não soltem pipas em dias nublados e de chuva, principalmente se houver relâmpagos.

Evitar brincadeiras perto de antenas, fios telefônicos ou cabos elétricos e procurar locais abertos como praças e parques para a prática da atividade é essencial.

As crianças devem ser orientadas a dar preferência para os papagaios sem rabiolas, pois na maioria dos casos é esta a parte que se prende aos fios, ocasionando acidentes.

Fonte: CPFL

Alerta: brinquedos que podem provocar doenças em bebês e crianças

Publicado em 19 de Janeiro de 2018, às 14:46

O banho é um momento muito especial na vida dos bebês, principalmente quando eles começam a brincar e interagir ativamente. Todas as mães, adoramos compartilhar desse momento tão vincular, colocamos vários brinquedinhos macios para serem explorados e fazer dessa hora uma grande diversão. Porém, o que a gente não imagina é que esses brinquedos armazenam […]

Como ensinar sobre o amor aos adolescentes

Publicado em 17 de Janeiro de 2018, às 17:15

Ensinar sobre o amor, principalmente aos adolescentes, exige respeito, paciência e compreensão sobre o assunto. No caso, compreender o que é o perfeito amor, já que o amor é um dos sentimentos mais almejados por todos os seres humanos, talvez porque ele seja a porção mágica da felicidade, como diz o escritor Mário Quintana: “Espalhe […]

Assine nossa newsletter
+55 (18) 3649-8006
@procriancabirigui
/procriancabirigui
Apoio
2017 - Pró-Criança - Todos os direitos reservados
Desenvolvido por: DLS/ Comunicação